Brasil verá pessoas morrendo em casa em 4 semanas, diz epidemiologista

6 meses ago
acalves
75815

Faculdade Pública da Universidade de SP, Ivan França Junior, revela que o país pode sofrer grande consequências por causa do relaxamento do isolamento social.

Também conta que se o atual presidente do Brasil continuar incentivando a população a quebrar a quarentena, o Brasil terá dias mais dolorosos do que a Itália. 

De acordo com o epidemiologista, se a população brasileira não começar a levar a pandemia a sério e seguir à risca o que o OMS recomenda, que é o isolamento social, dentro de algumas semanas, vai começar a ter mortes dentro de suas próprias casa, como já foi visto em outros países.

“Vamos ver pessoas morrendo fora dos hospitais, porque não existem leitos de terapia intensiva suficiente, pessoas morrendo em casa porque nosso serviço de ambulância não será capaz de lidar”.

“As previsões sugerem que isso acontecerá em três ou quatro semanas, e então será tarde demais. As pessoas vão surtar e se trancar dentro de casa por sua própria vontade.”

Segundo as informações, alguns estados do Brasil chegou a alcançar apenas 50% do Isolamento social da população e o que piora e que aparentemente, estamos em estado de contágio e óbitos pelo novo coronavírus.

O mundo todo está sofrendo com a pandemia, e ela não é brincadeira por isso devemos seguir à risca as recomendações da OMS.

A pandemia de Covid-19, não é brincadeira, portanto siga à risca as recomendações da Organização Mundial da Saúde.

Publicidade


Author: acalves